• Home
  • McDonalds irrita-se com campanha pró-vegetarianismo feita por especialistas em medicina

McDonalds irrita-se com campanha pró-vegetarianismo feita por especialistas em medicina

6 comments

Numa maca, um cadáver de meia idade aparece com um hambúrguer na mão e, no final, surge o célebre símbolo da cadeia norte-americana com a mensagem “I was lovin’ it” (“Eu estava adorando”), numa aproximação ao slogan atual do McDonalds que é “Eu amo muito tudo isso”.

No final, uma voz faz um alerta: “Elevado colesterol, elevada pressão sanguínea, ataques de coração. Esta noite, torne-se vegetariano.”

Segundo os promotores, a mensagem pretende alertar a população de Washington (e logo, a outras cidades americanas) para os riscos de ataque de coração em decorrência de uma alimentação sem qualidade, como é o caso de quem consome comida fast food. Há registros de um número elevado de mortes precoces na capital dos EUA.

A campanha teria irritado o McDonalds, que classificou o anúncio de “insulto” .

O polêmico anúncio foi produzido pelo Physicians Committee for Responsible Medicine, e deve ser exibido nesta quinta-feira (16) no intervalo do programa ‘The Daily Show’, com Jon Stewart, nos Estados Unidos.

Assista, aqui, ao vídeo da campanha:

Com informações do Correio da Manhã

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Nenhuma comida em quantidade moderada faz mal. O problema do fast-food é que a quantidade moderada é bem pequena, e como fast-food é um alimento altamente viciante, a quantidade moderada é muitas vezes menor que a porção consumida pela população.

    Tomara que a campanha dê frutos.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>