• Home
  • Apuração sobre mortes de animais no zoo de Goiânia é concluída

Apuração sobre mortes de animais no zoo de Goiânia é concluída

2 comments

A Delegacia de Repressão a Crimes contra o Meio Ambiente – Dema concluiu hoje (2) o inquérito que apurou a morte de 81 animais no zoológico de Goiânia (GO). A Dema concluiu que não houve dolo (intenção de matar) na morte dos animais, que iniciou há cerca de um ano.

No  relatório que vai acompanhar os autos que  serão encaminhados à Justiça, o delegado Luziano de Carvalho, titular da Dema, esclareceu que não há nenhuma conexão entre as mortes, que tiveram causas diferenciadas, que vão desde anemia, predação, doenças, anestesia para exames clínicos e estresse pós-captura.

De acordo com Luziano de Carvalho, a investigação começou a partir da morte de uma das girafas, cujo exame complementar mostrou traços de uma substância conhecida por chumbinho no organismo do animal, a uma dosagem de 0,155 PPM (partes por milhão), quantidade insuficiente para provocar a morte da girafa.

O animal morreu, segundo o relatório policial, de anemia.

Com informações do Goiás Agora

Nota da Redação: Torna-se cada vez mais evidente o fato de que o confinamento de animais em zoológicos é uma crueldade que os faz morrer lentamente. Além da grande violência de terem sido retirados da natureza, o estresse causado pela contato humano nas visitações colabora muito para o agravamento desse quadro. Além do mais, crianças visitam esses animais e aprendem desde cedo o desrespeito e não percebem o sofrimento que vivem, acreditando que ali são felizes. Pais conscientes não levam seus filhos ao zoológico. Animais devem viver em liberdade, junto à natureza. O ser humano não pode impor aos animais o mesmo destino que escolheu para si: viver separado e em desarmonia com o meio natural.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Não houve dolo? A girafa foi morta com chumbinho e não houve dolo?
    Outra: a partir do momento em que se retira um animal de sua natureza, de seu habitat, ele já está condenado à morte por tristeza, por maus-tratos, por solidão, por depressao, por tédio, por exploração, por confinamento… A maioria morre mto antes do período normal da espécie.
    A intenção de matar é clara. Chega de hipocrisia.

  2. Que inquérito é esse que alega não dolo a uma girafa morta por ingestão de veneno?
    Como um animal vai ingerir veneno sem que não seja por oferecimento ou imperícia, ausência de maior zelo e cuidado por manejo sem melhor orientação?
    Nem consigo entender o que esse veneno, Chumbinho, fazia num local onde há animais e transeuntes. Um absurdo descomunal.
    E a Nota ANDA bem colocou, zoológicos são locais que reforçam a noção que animais são seres para servirem, são inferiores e desprovidos de quaisquer sentimento. Devem ter seu término imediato, como medida salutar aos animais e a sociedade.
    Tudo errado e extremamente triste aos animais.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>