Tô virado!

4 comments

Espírito de porco é? Tiraram essa infeliz expressão de onde? Ah, você não sabe? Tiraram da época em que escravizavam a eles mesmos, homens, apenas porque uns tinham cor de pele diferente. Eles queriam que seus escravos nos executassem. Porém, com medo de que nosso espírito pudesse atormentá-los, os pobres coitados se negavam a nos matar. Mas é óbvio que tinha quem fizesse o serviço. E tem até hoje. O homem vem, pega a gente de pequenininho, confina num lugar imundo, nos engorda com um monte de porcarias, depois nos executa com uma punhalada no coração, pendura para sangrar etc. etc. etc. – que eu não vou continuar para não fazer você vomitar –, e ainda tem a petulância de associar nosso nome a gente ruim… Pois saiba que espírito de porco é espírito guerreiro, meu amigo. Espírito de animal tão inteligente e generoso quanto os cães, que os humanos tanto gostam de ostentar. Os de raça, né. Olha, eu estou virado hoje. Dá licença.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>