• Home
  • Apesar de sedativo, macaco-prego que fugiu de cativeiro continua solto

Apesar de sedativo, macaco-prego que fugiu de cativeiro continua solto

0 comments


Chico é alimentado pelos moradores (Foto: Caroline Hasselmann/G1)

Embora tenha comido um pedaço de alimento com sedativo, o macaco Chico Manco, procurado desde quinta-feira (12), driblou mais uma vez os biólogos e escapou por volta das 19h30 desta terça (17) para uma área de mata fechada em Mauá, no ABC.

Dois técnicos passarão a noite fazendo ronda para tentar encontrá-lo nas casas da vizinhança, mas as buscas só devem recomeçar mesmo no início da manhã desta quarta (18).

“Nós quase conseguimos capturá-lo. Ele desceu de um galho para uma trilha e o biólogo correu atrás dele com a rede, mas ele foi mais esperto e quase que pega o biólogo”, diz o gerente do hotel Estância de Santa Luzia, José Roberto Natalício, responsável pelo mantenedouro que cuida do animal sob supervisão do Institituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Natalício apela para que os vizinhos não deem alimentos a Chico Manco, “por mais dó que tenham”, para que o animal seja atraído por iscas preparadas para capturá-lo.

A noite pode ser perigosa para o animal, especialmente agora que ele está parcialmente sedado. “Nossa maior preocupação são os cachorros. Por isso pedimos aos donos de chácaras para prenderem os animais”, diz Natalício.

A veterinária Natália Andrade, que cuida do mantenedouro, tentava desde a manhã capturar o macaco, na Rua Severino Zacarelli, no bairro Vila Real.

Segundo a veterinária, Chico Manco foi bem alimentado e demorou para chegar perto da “armadilha”. “Sem apetite, fica mais difícil dele comer a isca”, afirma Natália.

No início da tarde desta terça, o macaco comeu parte do alimento. A veterinária e mais três biólogos aguardavam o medicamento fazer efeito para resgatar Chico Manco.

Fuga

Chico Manco fugiu na quinta-feira passada (12), depois que um galho caiu no recinto dos macacos. Dos oito que fugiram, apenas ele ainda não foi recapturado. Chico Manco foi para a Vila Real logo após escapar.

Uma outra armadilha com comida havia sido montada por um funcionário do criadouro, no sábado (14), para recapturar o animal. Entretanto, Chico Manco não se aproximou.

Fonte: G1

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>