• Home
  • Cães são abandonados em cruzamento de rodovia

Cães são abandonados em cruzamento de rodovia

2 comments

Um fato inusitado chama a atenção de quem trafega pela RSC 287, junto ao cruzamento com a RS 124 – Trevo da Agrogen. Sobre a grama do canteiro foi colocada uma casinha de cachorro. De cor amarela e com telhado de Brasilit, a casinha tem servido de abrigo para alguns cães que provavelmente foram abandonados no local.

Casinha com três cachorros ao redor (Foto: Por Reprodução)

Conforme a presidente da Associação Montenegrina dos Guardiões dos Animais (Amoga), Luiza Kimura, inicialmente havia um cachorro preto que estava há vários dias no canteiro. A suspeita era de que ele ficava esperando pelo tutor. Preocupados que estivesse passando fome, algumas integrantes da Amoga o têm alimentado quando se dirigem ao serviço e na saída, no início da manhã e final da tarde.

Entretanto, nos últimos dias o vira-lata preto ganhou mais “amigos”. No domingo (08), quando a reportagem esteve no local, havia pelo menos quatro cães no canteiro, junto da casinha. Luiza acredita que tenham sido abandonados pelos tutores. Ela teme pela segurança dos animais, pois o local é muito perigoso e podem ser atropelados por veículos que transitam no trevo e na rodovia. “As pessoas me ligam pedindo providências e até se oferecendo para adotar. Já tentei pegá-los para encaminhar para adoção, mas quando chego perto eles fogem para o mato”, lamenta Luiza. Ela diz que chegou até a entrar no mato para onde os cães fugiram, mas não conseguiu pegá-los. “Tentei três vezes pegar”, diz.

Luiza ressalta que a Amoga atende cerca de 200 cachorros por dia, entre doentes, atropelados, fêmeas grávidas e filhotes. E ressalta a importância de as pessoas adotarem os animais.

Fonte: Fato Novo

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Devia haver uma lei em que se proíba a comercialização de animais domésticos, ao menos. Assim, a adoção seria mais difundida, e conscientizaria aqueles que procuram animais pela raça e que depois abandonam por motivos fúteis.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>