• Home
  • Mãe e filho são condenados por matar hamster na Inglaterra

Mãe e filho são condenados por matar hamster na Inglaterra

0 comments

Recentemente, a justiça condenou dois britânicos pelo pelo crime de maus-tratos. Karen e Jay Williams, mãe e filho, foram julgados pelo tribunal de Newcastle, Inglaterra, depois de denúncia feita pela ONG RSPCA.

De acordo com o site do jornal Metro, os dois admitiram tentar afogar, sem sucesso, Speedy, um indefeso hamster, que,  como não morreu, foi colocado dentro de uma garrafa plástica e submerso novamente dentro de uma pia. Os inspetores da entidade encontraram o corpo do roedor após irem à residência atender a uma denúncia sobre um cavalo mantido no jardim dos dois.

O equino, chamado de Rolo, foi adquirido pelos britânicos quando filhote, mas logo cresceu, tornando praticamente impossível ser mantido no jardim da família. Segundo a publicação, foi quando os inspetores foram ver a situação de Rolo que Jay e Karen admitiram ter matado o outro animal da família, Speedy.

Pelos dois crimes, ambos foram condenados a 60 horas semanais durante um ano de trabalho comunitário. Eles também tiveram que pagar 135 reais cada pelos custos do processo, além de serem proibidos de ter qualquer tipo de animal de estimação pelos próximos cinco anos.

Em entrevista ao Metro, Judith Curry, promotora do caso, disse que o corpo do hamster foi exumado e a causa da morte foi afogamento. Foram também encontrados ferimentos no bichinho, provando que ele teria lutado para tentar se libertar e conseguir ar.

Fonte: PetMag

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>