• Home
  • Hipopótamos continuam morrendo por infecção bacteriana em reserva natural de Uganda

Hipopótamos continuam morrendo por infecção bacteriana em reserva natural de Uganda

1 comments

Por Raquel Soldera (da Redação)

Cerca de 82 hipopótamos e nove búfalos morreram de antraz, uma infecção aguda causada por uma bactéria, no Queen Elizabeth National Park, uma reserva natural ao oeste de Uganda. Apesar de as autoridades locais terem afirmado que o surto estava contido, em junho, os animais continuam a morrer.

Segundo informações publicadas no jornal paraguaio ABC, o parque já sofreu com surtos de antraz em 1954, 1994 e 2004, quando mais de 300 hipopótamos morreram.

Hipopótamo (Foto: Reprodução/ABC.py)

A Autoridade para a Vida Selvagem de Uganda descartou a probabilidade de que todos os animais do parque possam morrer em decorrência da infecção, visto que muitos deles têm desenvolvido uma imunidade natural à doença.

O antraz é uma doença infecciosa causada pela bactéria Bacillus anthracis, que vive no solo, e os animais podem ser infectados pela alimentação, ao pastarem na grama ou tomando a água contaminada pelo micróbio. Os seres humanos podem contrair a doença se comerem produtos provenientes de animais infectados.

Existe uma vacina contra o antraz e, se a doença for detectada precocemente, pode ser tratada e curada com antibióticos. Caso contrário, pode causar a morte.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>