• Home
  • Cavalo é obrigado a fazer travessia entre duas ilhas no RS nadando em águas geladas

Cavalo é obrigado a fazer travessia entre duas ilhas no RS nadando em águas geladas

13 comments

Por Fernanda Franco  (da Redação)

Uma reportagem exibida recentemente, durante o Jornal do Almoço, veiculado pela RBS TV, mostrou um cavalo sendo obrigado a atravessar as águas geladas que separam a Ilha dos Marinheiros da Ilha do Pavão, no RS. O pobre animal, mesmo sob um frio intenso, teve que percorrer, ao lado de um remador, aproximadamente 1 km, nadando de um lado a outro do Guaíba.

Foto: Reprodução/RBS TV

Avalon, o cavalo vítima desse ato covarde, demonstrou claramente que não queria entrar na água. Ainda assim, Lico, o sujeito responsável pelo feito sádico, insistiu em forçar o animal à infeliz travessia.

Visivelmente contrariado com a agressão, e por mais que o homem tentasse dominar o cavalo com seus gestos bruscos, o animal recuava insistentemente das águas gélidas, chegando a derrubar o remador, numa tentativa desesperada de se defender e se livrar do opressor.

O repórter da matéria transmitida pela RBS TV refere-se ao episódio de maus-tratos como se estivesse diante de “uma aventura inusitada”.

A triste cena da travessia entre as ilhas durou 20 minutos.

Assista, aqui, ao vídeo da reportagem:


Nota da Redação:
Forçar o cavalo a fazer algo alheio à sua natureza, e ainda sob condições estressantes, que violam a sua integridade física e psicológica, caracteriza um evidente ato irresponsável e criminoso de maus-tratos contra o animal. Ainda mais deprimente é o apoio que a mídia sem consciência confere à violência. Para saciar seus impulsos sádicos, o ser humano deve aprender que não tem o direito de usar os animais, sejam humanos ou não humanos. Mais um episódio lamentável que depõe contra a dignidade humana.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Caramba, que ato ridículo e cruel! É claro que o cavalo foi rápido, ele queria escapar logo da água gelada. E que o cara queira fazer algo assim, vencer seus limites… que o faça. Mas forçar o bicho a isso?! É muita maldade.

  2. Crueldade sem limites! Aonde estão os protetores do RS?
    Agora, a pessoa que submeteu o animal a esse ato insano e vil não devia reclamar quando alguém impusesse a ele algo que não gostasse.
    “Pimenta nos olhos do animal é refresco”, no dele… aí ele usa Lei, Delegacia, solta o verbo, reclama e esperneia, não é?!
    Tripudiar de um animal indefeso e extremamente subjugado.

  3. É, foi cruel mesmo.Pior é que devem ter editado daquele pedaço que o rapaz entra puxando ele pela corda,pq logo em seguida ja mostra o cavalo andando.
    Coitado do bicho!

  4. Que vaidade ignóbil desse cavaleiro não? Aproveitar de um pobre animal indefeso e que ainda tentou se rebelar e foi dominado!!!!

  5. Acho que vcs todos estão fora da realidade em falar em maus tratos, pois esse cavalo já vinha realizando um treinamento para realizar a travessia, tem muitas outras coisas que são maus tratos e acho que vcs não vem….Caem na real..Acho que vcs nem conhecem um cavalo, deve ser só por revista ou televisão.

    1. Acho que vc não conhece. Meus avós são de área rural e sempre tiveram animais inclusive cavalo. Eles não são máquinas. São de carne igual aos humanos e sentem o que sentimos, dor e tbem afeto pq os ama e cuida. Espero que vc aprenda a amar ainda. Esse é o primeiro mandamento do senhor. Qdo amar compreenderá todo o resto.

  6. Zoca,
    A realidade é que nem cavalo, nem animal nenhum foi criado para servir o ser humano, seja em transporte, comida, diversão, etc. E creio que todos ou quase todos que acessam este site conhecem bem não só os cavalos, mas cães, gatos, aves e outros e não é de revista ou televisão não, mas porque todos os dias eles chegam à nós machucados, exaustos, quase mortos, vítimas desta sociedade estúpida que pensa que só o ser humano tem direitos.

  7. Quanta bobagem ditas junto, menos a do Zoca….saltar a cavalo força muito mais do que nadar, e pq ninguém fala nada, eu presenciei o fato no dia (no local) e a reação do Avalon foi unica e exclusivamente por causa da presença de barcos e também porque tinha várias éguas para onde ele correu. Lico deve ser como alguns relatam aí em cima, então observem que ele monta no cavalo só de buçal, sem nada na boca (deve ser muito ruim mesmo), e só para finalizar eles costumam ficar uma hora e meia nadando e Avalon entra bem feliz na água.

  8. Espera ai, não se precipitem a comentar, analisemos as duas versões. Vocês já tem a versão da ANDA. Mas eu conheci ambos, o cavalo e o cavaleiro, então me deixem contar a minha versão da história:

    Eu conheci esse cavalo, o Avalon. Durante todo o tempo em que esteve com o Lico, ele era treinado pra ser nadador. O que aconteceu ali foi simples: a água estava extremamente gelada e ele levou um cagaço, só isso. Cavalo é um bicho desconfiado por natureza. Depois de um tempo, ele se acostumou. E, um recado para a repórter que redigiu essa matéria: Se ISSO pra ti foram “gestos bruscos”, então me pergunto se tu realmente já viste um cavalo sendo maltratado…

    Além do fato de que vocês não pararam pra pensar no seguinte: Cavalos sabem se defender. Se o Avalon realmente não estivesse a vontade com isso, bastava ele dar um coice e já era. Mas os dois confiavam um no outro, e não existe confiança em uma relação na qual um dos dois força o outro a fazer coisas, portanto…

    E depois, claro que os cavalos não gostam de atravessar a água gelada, mas vocês já pararam pra pensar em como o cavaleiro se sente ali dentro??? Roupa de borracha não faz milagres…

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>