• Home
  • Perícia descarta uso de luminol nos cães de suspeito de matar Eliza

Perícia descarta uso de luminol nos cães de suspeito de matar Eliza

4 comments

Foto: Domingos Peixoto

A perícia não vai usar luminol, uma substância usada para detectar vestígios de sangue,  nos cães que foram recolhidos da casa do ex-policial Marcos Aparecido dos Santos. A informação é do diretor do Instituto de Criminalística de Minas Gerais, Sérgio Ribeiro. Santos é suspeito de ter matado Eliza Samudio.

Ribeiro, do Instituto de Criminalística, disse que o luminol é um produto tóxico e os peritos têm de usar máscaras e luvas quando manuseiam a substância. Segundo ele, o produto poderia intoxicar os animais. Além disso, Ribeiro afirmou que, se os animais tivessem entrado em contato com ração, por exemplo, que pode ter alto teor de proteína e ferro, os resultados não seriam confiáveis.

Com Informações do G1

Nota da Redação: Ao que parece há um cuidado da polícia com o bem-estar dos animais. Esperamos que essa postura seja adotada até a conclusão do caso. Repetimos que os cães são apenas vítimas.  Estamos acompanhando.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Li no twitter da cloriafperez que o luminol é cancerígino e cega se uma pessoa aplicar sem proteção devida.
    Hoje no programa da Ana Maria Braga foi um veterinário falar sobre isso e a importancia de se usar o produto nos animais,ele falou que essa poderia ser uma prova importante e concreta para o caso.Falou tb que :”Isso seria feito por amostragem,claro.”Não explicou,mas entendi que ele sugeria raspar o pêlo do animal e aí sim,aplicar o produto nessa amostra.Se fosse isso,acho que tudo bem,caso contrário,lógico que não.Mas se desistiram de fazer isso,melhor.Há,o veterinário que deu a entrevista tinha sido solicitado pela polícia pra dar um suporte nesse aspecto,conversou com eles.

  2. Acho que a perícia está mais preocupada com os efeitos que podem causar neles, humanos, do que nos animais. Se a substancia não causasse nenhum mal ao ser humano, apenas nos animais, tenho minhas dúvidas se eles deixariam de fazer os exames…

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>