• Home
  • Macacos confinados para pesquisas tentam fugir de laboratório, no Japão

Macacos confinados para pesquisas tentam fugir de laboratório, no Japão

2 comments

Por Giovanna Chinellato (da Redação)

Foto: Telegraph

Um grupo de quinze macacos vítimas do confinamento e da exploração científica tentou escapar do departamento de pesquisas da Kyoto University em Aichi Prefecture, que faz estudos “científicos” torturando os primatas. O local é fechado por uma cerca elétrica de cinco metros.

De acordo com o jornal The Telegraph, os macacos fugiram usando galhos das árvores para catapultar a si mesmos – um por um – para fora da cerca de alta voltagem a quase três metros de distância.

Entretanto, apesar da inteligência mostrada na grande fuga, os macacos ficaram assustados e sem saber como se orientar. Eles permaneceram nos portões do lugar, onde foram atraídos de volta por cientistas com amendoins.

Os cientistas agora cortaram três árvores para evitar novas fugas dos pobres animais.

O instituto de Kyoto é um dos maiores centros de pesquisa de primatas, com uma série de estudos explorando interação social, comportamento, biologia e evolução dos primatas.

Cerca de 80 macacos japoneses vivem confinados no ambiente do qual o grupo mencionado conseguiu escapar.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Que triste! será que a cegueira acadêmica nunca permitirá ver esses sensíveis e inteligentes seres como também seres de Direitos? À vida, à liberdade, à paz? Até quando os seres desumanizados prosseguirão?

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>