• Home
  • Cavalo é resgatado após catorze anos de exploração e maus-tratos no Chile

Cavalo é resgatado após catorze anos de exploração e maus-tratos no Chile

0 comments

Por Raquel Soldera (da Redação)

Por mais de catorze anos, um homem percorreu a cidade de Antofagasta, no Chile, com um cavalo puxando uma carroça carregada de guano, um fertilizante feito com as fezes de aves e morcegos. O animal não só tinha que carregar a carga pesada, como também era deixado no sol durante horas, sem comida ou água, enquanto seu “tutor” saciava sua sede em bares da cidade.

Depois de uma campanha pelo fim da exploração do cavalo e denúncias de maus-tratos ao animal, a Polícia de Investigações chilena recebeu o cavalo no dia 1° de junho do próprio “tutor”, que o entregou voluntariamente, para que fosse encaminhado à organização Amigos dos Animais de Antofagasta, e à ONG Ambita, onde receberá cuidados e alimentação adequada.

Valentino se recupera após catorze anos de maus-tratos (Foto: PrensAnimalista)

O cavalo Valentino está temporariamente sob os cuidados dos protetores dos animais enquanto a investigação não for concluída. De acordo com Leonardo Bravo, da organização Amigos dos Animais de Antofagasta, o animal está em um estábulo, cuja localização não será divulgada, e está sendo atendido por pessoas competentes.

“O animal está agora descansando de suas longas caminhadas, de surras constantes, de não ser alimentado, de horas debaixo do sol, de gritos, insultos e humilhação por parte daquele que se dizia seu tutor. Está agora em mãos amigas, que cuidam dele diariamente, acariciam, alimentam, e curam todas as suas feridas, que são muitas. Entre elas, ferradura mal colocada, baixo peso (cerca de 60 quilos abaixo do normal), problemas nas patas traseiras, feridas nas costas”, contou Leonardo.

Para quem quiser contribuir com a recuperação de Valentino, foi divulgado o e-mail tozzi79@hotmail.com.

Com informações de PrensAnimalista

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>