• Home
  • Partido Pelos Animais de Portugal opõe-se à realização da “corrida da vaca das cordas”

Partido Pelos Animais de Portugal opõe-se à realização da “corrida da vaca das cordas”

5 comments

Touro sob tortura na corrida da vaca das cordas. (Foto: Reprodução/DN Portugal)

O Partido Pelos Animais (PPA) apresentou queixa contra a comissão de festas do Penedo, na freguesia de Colares, Sintra, que amanhã realiza uma corrida à corda, seguida da morte do touro (leia notícia sobre a crueldade aqui na ANDA).

Na quarta-feira “apresentamos queixa na Polícia Municipal, pois consideramos que esta corrida é ilegal, dado que é morto um animal, e é uma infração ao Regulamento de Animais do Município de Sintra”, explicou Pedro Sena.

O PPA critica o apoio da autarquia, dado que “é um espetáculo que vai contra os princípios do município, pois inflige desnecessariamente sofrimento e estresse a um ser vivo que sente dor”.

Segundo o regulamento municipal, “o apoio institucional ou a cedência de recursos, por parte da autarquia, para a realização de espetáculos com animais, fica condicionada pela não existência de atos que inflijam sofrimento físico ou psíquico, lesionem ou provoquem a morte do animal”.

O presidente da Câmara de Sintra afirmou que a autarquia só se irá pronunciar hoje, mas garante que o programa apresentado pela comissão de festas não inclui a morte do touro. “O que está no papel é que o touro não será morto e o que será servido no outro dia é carne de outro animal”, sublinha Fernando Seara.

No entanto, o comunicado de divulgação do evento não deixa transparecer esta explicação que foi dada pelo autarca e é omisso quanto à morte do touro.

Fonte: DN Portugal

Nota da Redação: Costume e tradição não são respaldo à permanência da barbárie. Não há lei que justifique manter um animal sob tortura parar entreter meia dúzia de sádicos sem nenhum escrúpulo em infligir sofrimento a um inocente. O fato de o touro não ser morto não melhora a crueldade da tortura. Não há benefício nenhum inclusive se outro animal será morto no dia seguinte para a refeição, conforme afirma o presidente da Câmara.  Deixemos de hipocrisia. Deixemos os animais em paz.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. o que eles fizeram para serem torturados assim?Nasceram de uma espécie diferente?Nem um criminoso merece isso, imagine um animal inocente?

  2. Eu dei uma pesquisada, e achei em um site que diz o animal não é morto na hora, mais sim depois de uma semana,ele vai para um matadouro, para depois, seus restos serem comercializados na cidade. 🙁

  3. O Sr Presidente da Camara Municpal de Sintra,de seu nome, de seu nome Fernando Seara,participa com frequencia de um programa semanal na TV sobre futebol, e representa nesse programa o seu clube chamado de Benfica!!
    Em conclusão, esse dito programa de futebol só fala de tretas, é um programa que de conteudo tem pouco , bem á imagem do Sr Presidente Seara, que de conteudo,tem pouco, pq se tivesse alguma consciencia e nivel, nem participaria de um programa de chacha nem autorizaria a vergonhosa corrida de corda em que o animal é humilhado e sacrificado…..
    Mas a vida é assim, e infelizmente somos obrigados a aturar a ignominia ,sendo que lamentavel é que o nivel de alguns politicos que gravitam neste burgo,seja execravel!! Admira-me que a esposa do Presidente Seara, a Sra Jornalista Judite de Sousa, que aparentemente é inteligente, tenha casado recentemente com o Seabrinha, provavelmente, enganou-se!!

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>