• Home
  • Cão que quase foi eutanasiado por tutor irresponsável aguarda novo lar

Cão que quase foi eutanasiado por tutor irresponsável aguarda novo lar

2 comments

Silvia – Amorcão
silespsantos@gmail.com

Em meados de 2008 (junho / julho), eu ainda ajudava o CCZ de Mauá (SP), arrumando lares para alguns cães que se encontravam lá (ainda eram feitas eutanásias) e os primeiros da lista eram sempre os pit bulls. Por mais que os responsáveis do CCZ na época tentassem segurar os de boa índole e filhotes para doação, muitos não tinham tempo de esperar por isso e eram sacrificados.

Quando um rapaz da minha vizinhança me procurou querendo adotar um, a primeira coisa que fiz foi ligar para o CCZ, pra saber se tinha, pois seria um a menos que iria morrer. A resposta foi sim, então saímos correndo para o CCZ. Levei o adotante no CCZ de Mauá, ele gostou do Billy (assim chamado) e o adotou, na época tinha uns 8 meses. Coloquei o cão no meu carro e o trouxemos. Até aí mil maravilhas, mais um que escapou da morte.

É aí que começa a história do Billy. No ano passado, a mãe do rapaz me procura querendo doar o Billy, porque o filho não cuidava mais, não dava atenção pro cachorro, não saía com ele etc. Pedi que o rapaz o castrasse, para começar a divulgá-lo, mas depois encontrei com ele na veterinária, e ele me disse que não ia mais doar o Billy. Beleza.

Hoje a clínica me liga dizendo que a mãe do rapaz ligou lá querendo sacrificar o cão, alegando que o filho não estava cuidando, que ela não conseguia outra pessoa e que o Billy estava estragando seu portão (com seu xixi).

Nem preciso dizer que fiquei furiosa. Liguei para o INFELIZ e falei o que queria e um pouco mais. Claro que ele desmentiu a hipótese do sacrifício, mas confirmou que precisava doar o Billy, com a famosa e vasta lista de desculpas. Ele vai ficar com ele, e irá castrá-lo, então preciso de uma familia para esse INOCENTE, que não deseja novamente ser descartado. Pois já é a segunda vez em sua vida que ele terá que passar por isso.

Deve estar agora com quase 2 aninhos, não liga para gatos, pois na casa também tem. Mas implica com cães (não sei se com fêmeas também) é muito forte, superbrincalhão, mas está acostumado a ficar sozinho. NÃO DÁ UM PINGO DE TRABALHO, eu o vejo todos os dias pois passo na frente da casa dele e esse menino está sempre dormindo.

Contato com Silvia – Tel.(11) 8535-3423 / silespsantos@gmail.com

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>