• Home
  • Menino que presenciou assassinato do cachorro receberá tratamento psicológico

Menino que presenciou assassinato do cachorro receberá tratamento psicológico

2 comments

O Conselho Tutelar de Catanduva dará  assistência ao garoto de 13 anos que assistiu à morte brutal de seu cachorro pincher, de três meses. O cão foi assassinado por um vizinho com golpes de barra de ferro na cabeça, na semana passada, em Catanduva.

Integrantes da manifestação realizada em repúdio à morte do animal acionaram o conselho porque descobriram que o menino ficou chocado ao presenciar a morte de seu cachorro.

“Chegamos lá e vimos o menino traumatizado pelo fato. Não quis nem sair de dentro de casa. A mãe disse para a gente que o menino chora quando fala do cachorro. Por isso decidi acionar o Conselho Tutelar”, conta uma das organizadoras da passeata, Elaine Faris.

O Conselho Tutelar entrou em contato com a família nesta quinta-feira. “Oferecemos tratamento psicológico para que ele não tenha nenhum trauma depois deste fato. Na nossa conversa, percebi que ele está muito chateado. O conselho fará acompanhamento a cada dois ou três meses com a família do adolescente”, disse o conselheiro tutelar Marcelo Ono.

Mariana Cândido, advogada e uma das organizadoras da manifestação, disse que vai aguardar o andamento do processo pelo Ministério Público. “Se precisar de uma futura intervenção, nós vamos dar suporte para a família no que for necessário. Pode ter certeza de que de braços cruzados não vamos ficar”, diz.

Fonte: Agência Bom Dia

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Esse vizinho além de ser preso,ainda everia ser obrigado a pagar o tratamento do menino,se ele fez isso com um cachorrinho,o que dirá de uma pessoa que bater de frente com ele.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>