• Home
  • Capitão Bethune é declarado preso político no Japão

Capitão Bethune é declarado preso político no Japão

4 comments

Por Giovanna Chinellato (da Redação)

O Capitão Pete Bethune, membro da organização em defesa das baleias Sea Shepherd Conservation Society, preso no Japão,  irá enfrentar nada menos do que cinco acusações independentes no que diz respeito à sua abordagem ao navio baleeiro japonês Shonan Maru 2. A ação de Bethune foi no dia 15 de fevereiro de 2010, durante a sexta campanha da Sea Shepherd para acabar com a caça às baleias feita pelos japoneses.

Em 6 de janeiro de 2010, o navio do capitão Bethune, o Ady Gil, foi intencionalmente atingido e literalmente cortado em dois pelo imenso navio japonês Shonan Maru 2, colocando em risco a vida de seis voluntários da Sea Shepherd.O capitão Bethune queria abordar o navio japonês na primeira chance que tivesse, para enfrentar cara a cara o capitão responsável por esse ato horrendo.



Pete Bethune (Foto: Times)


Já se esperava que o capitão Bethune tivesse de enfrentar acusações pela invasão do navio, o que não é nada surpreendente. Mas todas as outras acusações estão sendo inventadas por razões políticas, para fazer do capitão um exemplo, embora suas atividades sejam extremamente triviais comparadas com a da Shonan Maru 2 – cujo capitão sequer está sendo investigado pelas autoridades japonesas. Isso é embaraçoso para o sistema judicial japonês, um tapa na cara para a comunidade internacional, e prova de que o Japão continuará fazendo o que quiser, sem se preocupar com opinião pública ou leis internacionais. Operações de caça às baleias no Santuário Austral de Baleias e a detenção de um preso político: essas coisas claramente refletem o abuso e a corrupção política no sistema judicial japonês.

É vergonhoso que o Japão eleve o caso do capitão Bethune fora dos limites, e é vergonhoso que as autoridades não estejam se movimentando para investigar as ações criminosas do Shonan Maru 2. Onde estão as acusações contra o capitão do Shonan Maru 2, por ter atacado violentamente o Ady Gil?

O capitão Chuck Swift, do navio da Sea Shepherd, Bob Barker, resgatou o Ady Gil depois do ataque e disse: “Eu observei o Shonan Maru 2 intencionalmente ir e vir ao redor do Ady Gil, e pensei a respeito de meus tripulante e de como iríamos ajudar os que estavam feridos. É assustador que o Japão esteja processando o capitão Bethune, enquanto ignora os próprios crimes de caça às baleias, e é vergonhoso que o mundo não faça nada a respeito”.

O país natal do capitão Bethune, Nova Zelândia, também está surpreendentemente quieto a respeito da prisão. Enquanto as autoridades mantêm-se em silêncio, cidadãos da Nova Zelândia e ao redor do mundo estão dando duro para defender Pete, desejando-lhe sorte para voltar para a sua esposa e filhos.

Com informações da Sea Shepherd News

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>