• Home
  • A grande maioria dos espanhóis é contra as touradas

A grande maioria dos espanhóis é contra as touradas

2 comments

(da Redação)

A Espanha passa nos últimos meses pelo debate da possível proibiçãode uma das tradições mais crueis do planeta: as touradas. O Parlamento da Catalunha tem realizado uma série de discussões que podem levar à proibição de qualquer evento relacionado às festas com touros na região. Não há cultura, tradição, negócio ou direito individual que justifique um animal entrar em uma arena, ser alvejado por lanças (bandeirilhas), humilhado e por fim, executado com uma espada atravessando sua cabeça. São práticas de barbárie e tortura. O argumento de que todos os touros são bem tratados e criados em campo aberto, é absolutamente sem sentido. Se um grupo de animais existe somente para ser torturado e morto, então é melhor que não exista.

Crueldade e covardia, as touradas precisam acabar. Foto: sem crédito.

Com mais de cem anos de história, as corridas de touro organizadas no formato “evento cultural e econômico” enfrentam uma de suas piores crises. As touradas sofrem com a diminuição e o envelhecimento do público.

A última grande pesquisa de opinião sobre o tema foi realizada em agosto de 2008, pelo instituto Investiga-Gallup. O resultado comprovou que 67% dos espanhóis, ou seja, quase dois terços dos entrevistados, não tem qualquer interesse pelas touradas. Entre os mais jovens, esse número sobe para 85%. A falta de interesse é majoritária até mesmo entre os homens com mais de 65 anos: apenas 41% são um pouco interessados.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>