• Home
  • Exposição fotográfica mostra pássaro ameaçado de extinção

Exposição fotográfica mostra pássaro ameaçado de extinção

1 comments

A fauna e a flora das regiões de restinga da Costa do Sol, no Estado do Rio, são o tema da exposição fotográfica “Restingas da Costa do Sol: um olhar além das dunas”, que acontece nos dias 26 e 27 de março, das 10h às 17 horas, na Rua 96, ao lado da Drogaria Sudoeste, no bairro de Jaconé, em Saquarema.

Com realização da Associação de Moradores e Amigos de Jaconé,  do Movimento Ambiental Pingo D’Água e da Save Brasil, a mostra terá um foco bastante especial no pássaro conhecido como formigueiro do litoral, ameaçado de extinção. “Já foi registrada a presença deste passarinho em Jaconé, sendo que ele habita somente a região que se estende de Saquarema até o município de Cabo Frio”, disse Luiz Lopes, responsável pela comissão de meio ambiente da AMA Jaconé.

Foto: Carlos Humberto Oliveira

O formigueiro do litoral, também conhecido como conconha ou com-com, é considerado a única ave endêmica da região de restinga, tendo sido observado somente no litoral norte do Rio de Janeiro. Devido à acelerada urbanização da região conhecida como Costa do Sol, o habitat desta ave está seriamente ameaçado, incluindo o pequeno animal no grupo de risco de extinção global e nacional.

Segundo Carlos Humberto Oliveira e Maria Alice Alves, do Departamento de Ecologia da UERJ, em artigo publicado na revista Ciência Hoje, “O formigueiro-do-litoral está ameaçado de extinção porque, além de viver em uma área muito reduzida do estado do Rio de Janeiro, muitas casas de praia e condomínios são construídos nestes locais. Aos poucos, as edificações vão substituindo as restingas em que vive a ave, tornando o seu futuro incerto”. A espécie foi identificada pela primeira vez na região em 1990.

A exposição conta ainda com apoio da Prefeitura de Saquarema, através da Secretaria de Meio Ambiente, Drograria Sudoeste e UERJ, além de patrocínio da Cooresa – Cooperativa de Reciclagem e Lulemar Materiais de Construção.

Fonte: Nova Saquarema


About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Venho informar que em setembro ou ouubro reconheci uma femea dessa espécie em um coqueiro na orla de Barra de São João/RJ. Acredito que lá havia um ninho.
    Sou Bióloga e gostaria de ser contactada por alguém do grupo de monitoramento, para que hajao reconhecimento e ou a confirmação do local pois acredito q possa voltar na próxima primavera.
    Agradeço a oportunidade de poder divulgar essa informação.
    Regina Casses

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>