• Home
  • Britânicos sacrificam seus animais por falta de dinheiro

Britânicos sacrificam seus animais por falta de dinheiro

3 comments

Pesquisa revela que mais da metade dos britânicos não pode pagar por tratamentos de seus animais de estimação, que acabam sacrificados

Ao longo dos últimos cinco anos, os veterinários britânicos foram forçados a sacrificar quase metade dos animais de estimação que atendiam. O motivo? Seus tutores não podiam pagar pelas consultas e tratamentos. De acordo com o site do jornal Telegraph quase 90% dos médicos veterinários afirmaram que já passaram pelo menos uma vez por algum caso em que os tutores rejeitaram o tratamento de seu animal de estimação por ser caro demais.

Segundo os especialistas ouvidos, as taxas veterinárias crescem mais que 12% a cada ano, contribuindo para que os animais acabem sacrificados. Entre as doenças mais caras de serem tratadas estão os problemas dentários, gastrointestinais, diabetes e deficiências físicas ou locomotoras. O levantamento foi feito pela Sainsbury’s Finance found, que revelou que apesar dos avanços na área de medicina veterinária, as melhoras significam também preços mais elevados.

“Infelizmente nossos animais de estimação não estão assegurados, então, seus tutores não estão preparados para contas muito altas com o veterinário, e acabam tendo que sacrificá-los”, declarou a porta-voz da Sainsbury’s Finance found, como se os tutores fossem vítimas impotentes e incapazes de buscar uma solução alternativa para salvar a vida de um ser que supostamente tanto prezam.

Cerca de 50 clínicas veterinárias foram entrevistadas para a pesquisa.

Com informações do The Telegraph

Nota da Redação: Existem inúmeras saídas para a falta de dinheiro – tratamentos alternativos, negociação com o veterinário, busca por profissionais que prestem serviços comunitários, entre outras possibilidades. Cativar uma vida para depois descartá-la é a pior das violências. Crime de assassinato por desamor: não tem justificativa, nem nunca terá.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. conheço gente que já fez isso…infelizmente foram meus pais…eu tinha apenas 6 anos e não tinha muita noção das coisas…o meu cão estava com câncer, como depois de uma operação o câncer voltou eles desistiram e o rex foi sacrificado(ou assassinado?)…triste muito triste, não quero ser como eles nesses aspectos, faço mais que o possível pelo meu cão(coronel).

  2. Impressionante essa notícia !!

    Super legal ter filhotes mas na hora de cuidar…

    Os filhos destes assassinos ainda vão coloca-los nos piores asilos por falta de grana !

    Malditos seres humanos !!!

    Quando se compra ou adota 1 animal…. é um contrato de pelo menso 10 anos se nada de muito grave acontecer.

    As pessoas precisam ficar concientes disso antes de aumentar a “familia”

  3. acho um absurdo a frase: “os veterinários foram forçados a sacrificar” . alguém que estudou para cuidar dos animais, não deveria em hipótese alguma sacrificar animais que têm condições de viver bem. Se eles se importassem, dariam algum jeito de fazer o que fosse preciso para não precisar sacrificar.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>