• Home
  • Quênia lança programa para proteger leões da extinção

Quênia lança programa para proteger leões da extinção

0 comments

O Serviço de Vida Selvagem do Quênia (KWS, na sigla em inglês) inaugurou nesta quarta-feira (17) um programa para a proteção dos leões do país, entre outras espécies de animais, cujo número caiu de 2,8 mil para 2 mil nos últimos oito anos, a largos passos para à extinção completa.

Com o programa nacional para proteger os leões, guepardos, cachorros selvagens e hienas, cujas povoações se reduziram substancialmente nos últimos anos.

O leopardo entrará no programa em uma fase mais avançada.

“Os animais estão aí fora, em perigo de extinção, e não sabem disso; mas nós humanos somos responsáveis e temos o dever de estabelecer estratégias, não só para conservá-los, mas também para aumentar a sua população”, disse David Mwiraria, presidente do conselho de administração do KWS.

Segundo cientistas da agência, a principal causa da redução do número dos animais selvagens é a perda de seu habitat natural, que recentemente foi acentuada pela seca e a mudança climática.

Isto gerou o aumento dos conflitos entre seres humanos e estes animais, que diante da falta de alimento, “atacam” os povoados.

Conforme o KWS, no caso das hienas se acrescenta “a má imagem destes animais”, que levou algumas comunidades tentarem tenham exterminá-las.

“Estes grandes animais são o tesouro que o Quênia quer manter durante muito tempo”, assinalou Noah Wekesa, ministro que foi o encarregado de lançar a campanha.

“Todos os turistas que vêm ao Quênia querem ver leões e guepardos. Se não fizermos algo agora, em 50 anos não restará vida selvagem no Quênia”, ressaltou Wekesa.

Fonte: EPA

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>