• Home
  • Jacarés disputam lugar na cidade devido à redução de seus habitats

Jacarés disputam lugar na cidade devido à redução de seus habitats

0 comments

Imagem: O Globo

Vizinho bastante conhecido dos moradores dos bairros Barra e Recreio (RJ), o jacaré-de-papo-amarelo virou “visita” frequente neste verão. A explicação vem dos biólogos: como estão em período de reprodução, os animais maiores costumam disputar território e acabam expulsando os menores para outras áreas.

Como a cidade não para de crescer em direção ao que já foi o habitat natural desses répteis, outras áreas quer dizer ruas e condomínios. Até em um restaurante da Avenida das Américas já foi visto um jacaré-de-papo-amarelo.

Mas isso não é motivo para medo. O biólogo Ricardo Freitas Filho diz que a espécie não é agressiva:

“Os jacarés-de-papo-amarelo não têm o hábito de atacar humanos, muito menos animais de estimação”  diz, referindo-se a uma história que virou lenda no Recreio: a de que um jacaré do Canal das Tachas atacou um poddle.

Administradora do Parque Ecológico Municipal Chico Mendes (um dos redutos dos jacarés), a bióloga Denise Monsores conta que, só este ano, a unidade recebeu quatro animais da espécie achados fora do parque. Todos considerados pequenos, medindo de 60cm a 80cm.

No Parque Residencial Chico Mendes, na Rua Joaquim Moreira Neves, no Recreio, foram encontrados dois jacarés apenas em dezembro.

“O problema é que nós invadimos o local deles. Praticamente todos os terrenos do Recreio estão construídos. Sobra pouca área a eles” reflete a moradora Marilia Marques Kapps.

Fonte: O Globo

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>