• Home
  • Peixes aparecem mortos em Içara (SC)

Peixes aparecem mortos em Içara (SC)

3 comments

O aparecimento de peixes mortos nesta quarta-feira (20) em toda a costa do Condomínio Vila Suíça e Campestre Iate Clube, na Lagoa dos Freitas, em Içara (SC), como também há 30 dias na Lagoa Mãe Luzia e Rio Araranguá, mobilizou a Polícia Ambiental de Maracajá. Para saber o que teria provocado a mortandade, alguns peixes foram recolhidos para análises. O resultado será comparado com o prognóstico da água coletada pela Fatma e pelo laboratório contratado pela Colônia de Pescadores do distrito do Rio Maina.

Os peixes da espécie cará foram encontrados mortos na Lagoa dos Freitas logo ao amanhecer de quarta-feira. “Uma moradora foi caminhar pela beira da lagoa quando os observou. Acionamos a Polícia Ambiental e a Fundai. Os policiais estiveram aqui e recolheram alguns peixes para levar para análise”, conta a síndica do condomínio, Benta de Lurdes Accordi Inácio.

Segundo a moradora, no ano passado o mesmo fenômeno aconteceu na lagoa. “Foram encontrados vários peixes mortos e sujeira de óleo na água. Preocupamo-nos com as oficinas de jet-skis situadas próximas às margens da lagoa, que podem prejudicar a vida marinha, como também os pilotos de jet-skis que abastecem dentro d’água. Já presenciei muitas vezes”, ressalta.

Existem várias hipóteses para a causa, entre elas a contaminação da água por agrotóxico dos arrozais, óleo de jet-skis e a própria temperatura da água. “Ainda não sabemos as causas, mas são várias as hipóteses. É cedo para apontar uma. Na região não existe órgão que realize análise dos peixes. Estamos tentando com a Epagri. A Fatma esteve na lagoa e coletou amostra da água para a balneabilidade. Vamos aguardar o prognóstico”, conta o subtenente e comandante da guarnição da Polícia Ambiental de Maracajá, Valentim Borges.

O presidente da Colônia de Pesca Z-16, do distrito de Hercílio Luz, Adeirde Pedroso, presenciou o mesmo fato há cerca de 30 dias na Lagoa da Mãe Luzia. “Muitos peixes da espécie cará apareceram mortos na costa. Juntei uma bolsada deles em um percurso de apenas 20 metros”, conta.

Fonte: A Tribuna

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. gostaria de saber oque que esta acontesendo com esta espesie de peixe que aparesem mortos na costa de santa catarina e são bastante grande e pezam muitos kilos oque poderia ter feito esta mortandade isto não é normal deve aver alcuma coiza que estão fazendo ficaria muito grato se pudesem esclareser isto

  2. a policia ambiental deve pounir este tipo de pessoas que so pensam em canhar dinheiro com os animais sem poder se defender isto é crueldade seia como se vendesem seres umanos

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>