• Home
  • Cadela baleada por agentes prisionais encontra um novo lar

Cadela baleada por agentes prisionais encontra um novo lar

0 comments

No final de setembro, a cachorrinha Pituca foi levada às pressas para uma clínica veterinária após agonizar uma madrugada inteira. Ela havia sido atingida por dois tiros disparados por agentes prisionais na Penitenciária de São Pedro de Alcântara (SC). Passados dois meses, nenhum criminoso foi punido, mas a cadela ganhou uma  uma família nova.

Pituca embarcou ontem num voo de Florianópolis para Ribeirão Preto (SP), onde mora o casal que a adotou. A escolha dos novos tutores obedeceu a alguns critérios.

“Fizemos uma pré-seleção, pois recebemos mais de 200 e-mails, até a Hebe Camargo ligou pra gente”, declarou Nara Beatriz Mayer da Silva, que era tutora da Pituca, mas que alega não poder mais cuidar da cadelinha.

O casal escolhido não quis se identificar. A antiga tutora informou que eles sempre mantiveram contato para saber o estado de saúde da Pituca. Disse também que os escolhidos têm uma boa condição financeira e são atenciosos.

A Secretaria de Justiça informou que a sindicância aberta para apurar a participação de agentes prisionais ainda não foi concluída.

*Com informações do Diário Catarinense

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>