• Home
  • Esgoto despejado no lago Atitlán, na Guatemala, coloca em risco a vida dos animais

Esgoto despejado no lago Atitlán, na Guatemala, coloca em risco a vida dos animais

0 comments

Uma espécie de nata achocolatada invadiu as antes cristalinas águas do lago Atitlán, no departamento de Sololá, na Guatemala, pelo esgoto despejado pelas localidades vizinhas e pelos fertilizantes usados na agricultura.

Os cientistas identificaram essa variedade como cianobactéria lyngbya, um micro-organismo em forma de filamento (alga) que cresceu vertiginosamente nos últimos anos, desde o fundo até a superfície do lago, e que poderia produzir toxinas que afetam peixes, crustáceos, plantas aquáticas e os humanos que têm contato com a água contaminada.

Esse tipo de alga foi encontrado pela primeira vez no lago em 1976, embora com muito pouca presença. Porém, hoje pode ser observado na superfície como um enorme manto que turva suas águas devido aos altos níveis de fósforo e fertilizantes que absorve.

Um estudo feito no ano passado pelo Instituto de Agricultura, Recursos Naturais e Meio Ambiente (Uarna), da Universidade Rafael Landívar, revelou que entre 2002 e 2003 o lago recebeu cerca de 972 toneladas de nitrogênio e 381 de fósforo.

Fonte: Abril.com

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>