• Home
  • Projeto pretende criar santuário e observatório de aves

Projeto pretende criar santuário e observatório de aves

0 comments

Duas lagoas de águas residuais da ETAR ‘velha’ de Tavira, em Portugal, poderão ser transformadas num ponto de observação de aves. O Projeto é da Almargem e só falta o dinheiro para dar asas à ideia.      
 
“A ideia é criar um santuário de aves, mas também um Observatório”, explica Cláudio Wittmer, o autor do pré-projeto apresentado ontem (5) pela Associação Almargem, à margem da exibição de um estudo sobre o birdwatching (observação de aves) no Algarve.

O projeto, intitulado Parque da Natureza, foi dado a conhecer no Hotel Vila Galé Albacora em primeira mão aos jornalistas, a par de algumas entidades oficiais, tal como o Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade.

É frente ao Hotel que está pensada a construção de um observatório de dois andares e um miradouro para espreitar os pássaros.

O Parque da Natureza, com uma área de intervenção de 7,5 hectares, prevê a recuperação de duas lagoas de tratamento de águas residuais, abandonadas após a construção da nova ETAR de Tavira.

“Nós pretendemos evitar que se aterrem estas lagoas, tal como estava previsto, aproveitando-as para zonas que as aves utilizam”, afirma João Ministro, presidente da Assembleia Geral da Associação Almargem.

Sustentabilidade

“Um dado importante tem a ver com a manutenção, porque a experiência diz-nos que por vezes se criam estruturas, mas que depois não há dinheiro para as manter”, acrescenta João Ministro. “Nós entendemos que o acesso deve ser pago, nem que seja 50 cêntimos, mas que as pessoas devem pagar e que deve haver partes concessionadas”, diz.

O projeto do Parque da Natureza ainda não tem um custo definido, mas o ministro estima que possa rondar os 100 mil euros e pede o envolvimento da Câmara Municipal e de outras entidades, como o Turismo do Algarve e a Região Hidrográfica.

“Há uma janela de oportunidade, vamos pensar no projeto”, afirma ao Observatório do Algarve o recém-eleito presidente da Câmara Municipal de Tavira, Jorge Botelho.

“Esta atividade interessa muito ao concelho. Temos as condições, somos um local conhecido e queremos qualificar o espaço. O birdwatching será uma realidade em Tavira”, garante o autarca, que salienta a importância da presença desses turistas que procuram as aves fora da época alta do turismo, normalmente na Primavera e outono.

Se tudo correr bem, o Parque da Natureza estará pronto no ano 2011.

 Fonte: Observatório do Algarve

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. olá amigos eu ganhei um papagaio de gaióla porém eu não gosto de ver passaros presos por estar preso por muito tempo temo por solta-lo e ele ser devorado por algum animal ja tive a idéia de entrega-lo ao Ibama ,mas como este pessoal é cherio de burocracia temo por ser penalizado por querer a liberdade deste animal por favor se vcs souberem de algum santuário que aceite este animal para readapta-lo para a natureza me avisem.
    grato

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>