• Home
  • Matadouro de bezerros é fechado nos Estados Unidos

Matadouro de bezerros é fechado nos Estados Unidos

0 comments

Por Lobo Pasolini   (da Redação)

Uma investigação que levou ao fechamento de um matadouro de carne orgânica em Vermont, nos Estados Unidos, demonstra mais uma vez o engodo que esse termo representa quando se trata de produtos animais.

Bushway Packing Inc., que havia sido fechada por um dia em maio, em junho e julho por “tratamento desumano de animais”, foi flagrada em vídeo mais uma vez torturando animais com cabos de choque elétrico e arrancando a pele de animais ainda conscientes.

O matadouro se especializa em matar bezerros com apenas alguns dias de vida, que nos Estados Unidos são chamados de bob veal calves, que terminam em cachorros quentes e outras ‘carnes baratas’.

A investigação foi feita pela Humane Society of the United States, uma organização de defesa animal, que informa que bob veal calves representam 15% dos bezerros que são transformados em vitela naquela país. Oficiais do governo reagiram condenando o que viram no vídeo.

Laticínios

O incidente mais uma vez reforça que o veganismo é a resposta para essa situação de horror. Vitela é um subproduto da indústria do leite, uma forma de ‘aproveitamento’ das crias das vacas exploradas por seu leite. Quem consome laticínios (leite e derivados) apoia diretamente essa indústria.

O que foi registrado nesse vídeo não mostra um “caso separado”. Crueldade é inerente à indústria de exploração de animais porque o destino final dos animais é a morte e a jornada até lá é tortura e aprisionamento.

Essa não é uma indústria regulável. A indústria de exploração de animais é uma deformidade que deve e pode ser eliminada pro meio da nossa dieta.

Abaixo, o vídeo feito no matadouro Bushway Packing Inc. (contém imagens impactantes):

Fonte: AP

About the Author

Follow me

Blogger, jornalista, videomaker, ativista vegano.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Não assisti ao vídeo e acredito que não teria condições, porque eu enxergo os filhotes como crianças sem a menor diferença de uma criança humana. Mas acho que essas imagens DEVEM ser divulgadas. Há muitas pessoas que hoje financiam essa indústria e não liga uma coisa na outra, ou por desinformação ou por mera comodidade. Não há morte sem dor. Não há confinamento sem sofrimento. Precisamos mudar essa realidade e o veganismo é, sem dúvidas, a única solução.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>