• Home
  • Animais escapam de rodeio e são mortos pela polícia, no ES

Animais escapam de rodeio e são mortos pela polícia, no ES

0 comments

Por Lobo Pasolini (da Redação)

O que teria sido uma fuga para a liberdade, resultou no assassinato de dois animais que tentavam escapar dos maus-tratos nas mãos da indústria de rodeios. Segundo A Gazeta do Espírito Santo, “uma vaca e um novilho escaparam do ‘3º Rodeio de Vila Velha (ES) na Grande Cobilândia’ e acabaram ferindo duas pessoas”.

“Os animais percorreram cerca de três quadras e depois foram sacrificados com tiros de fuzil da Polícia Militar. No caminho, a vaca atingiu a moradora Eliana Mendes da Silva, 34 anos, que sofreu uma forte pancada na cabeça. A mulher estava voltando do supermercado quando cruzou com o animal na Rua Jacopemba, em Cobilândia. Um motociclista foi esbarrado pelo novilho que fugia em desespero.”

Ninguém sofreu ferimentos graves, mas isso não impediu que a polícia militar matasse os animais. É de surpreender, então, que vivamos numa sociedade ultraviolenta? Com certeza a polícia poderia ter anestesiado os animais e evitado esse derramamento de sangue em via pública. Daí eles poderiam ter sido confiscados, postos para adoção, e os organizadores do rodeios autuados pelos vários crimes decorrentes desse incidente. Mas, assim como no caso da lontra morta por bombeiros no Paraná, as autoridades decidiram que a força e a brutalidade eram preferíveis a uma solução ética. É para isso que nossos impostos devem ser usados?

Alarmantemente, o artigo do jornal não investiga o principal: o motivo pelo qual esses animais fugiram, as condições em que eles se encontravam no local do rodeio. O que acontece com esses indivíduos que organizam tais espetáculos de barbarismo que, além de torturar animais, representam um risco à população? Esperamos que esse incidente pelo menos faça a Polícia Militar do Espírito Santo perceber a tragédia que é a presença de rodeios em sua jurisdição e em qualquer outro lugar.

Registre seu protesto sobre essa tragédia aqui.

About the Author

Follow me

Blogger, jornalista, videomaker, ativista vegano.


Deixe uma resposta para Fabiana Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. a selvageria, a ignorância e a bestialidade humana nos sentimentos e ações abunda nossa sociedade.
    O homem social, há tempos, esta retornando às brutalidades dignas das cavernas, onde o pensar e a inteligência estavam no tacape e no barro fofo.
    Crueldade ao quadrado: durante o rodeio e na pistolagem truculenta aos animais que escaparam!

  2. Sou capixaba e o que deixou muito indignada também foi ter visto a reportagem sobre esse episódio num telejornal daqui, que mostrava uma cambada de sanguinários em volta de um dos animais mortos fazendo chacota, dando risadas, fazendo “muuu”, além disso crianças puxavam os chifres da vaca e faziam pose sorridentes para fotos.. Fiquei estarrecida, é de pequeno que se desaprende..
    As entidades de defesa dos animais daqui pretendem se reunir para que seja proposto projeto de lei para proibir esses costumes bárbaros por aqui.

  3. esses aleijados mentais desconhecem a palavra compaixão,e aprenderão o seu valor cedo ou tarde através de terriveis sofrimentos,tal é a lei do retorno .

  4. acabei de enviar meu protesto pro email da PM.
    sou do ES mas moro em PE, e fiquei envergonhado. espero que algo seja feito a respeito.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>