• Home
  • Cágados terão seu habitat protegido por instituição de conservação da natureza, em Portugal

Cágados terão seu habitat protegido por instituição de conservação da natureza, em Portugal

0 comments

A Quercus, uma instituição portuguesa de conservação da natureza, tem protegido o habitat do cágado de carapaça estriada, que vive em charcos temporários em Odemira, em Portugal. A associação começou por colocar vedações à volta dos charcos para proteger o animal de água doce do gado.

A Quercus iniciou um projeto, há três meses, para proteger o habitat do cágado de carapaça estriada, a mais rara tartaruga de água doce do país. Os animais vivem em duas lagoas temporárias situadas no concelho de Odemira, localizadas em propriedade privada.

A primeira medida foi a colocação de vedações em redor das lagoas para impedir a passagem do gado. A Associação Nacional de Conservação da Natureza conta com a ajuda de empresas patrocinadoras, com o intuito de criar medidas de compensação aos proprietários dos terrenos.

Outra medida da associação será o controle do avanço de espécies invasoras, como acácias e chorões, o que possibilitará maior monitoração científica.

Segundo a Lusa, até agora o projeto só engloba duas lagoas, mas deverá estender-se aos charcos de Aljezur e Vila dos Bispo. Nestas zonas, os habitats estão “ameaçados e são mesmo considerados prioritários”, afirmou o presidente do núcleo de Beja da Quercus, José Paulo Martins.

Fonte: Fábrica de conteúdos

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>