• Home
  • Onça suçuarana é devolvida à natureza, em Ilha Grande, no RS

Onça suçuarana é devolvida à natureza, em Ilha Grande, no RS

0 comments

A onça suçuarana, encontrada anteontem em uma chácara da Estrada Morada do Sol – a cerca de 1 quilômetro do perímetro urbano de Umuarama, no RS, foi devolvida a seu habitat natural. Ao contrário do que chegou a ser divulgado o animal não foi levado para a sede da Polícia Ambiental (Força Verde), mas teve como destino, o Parque Nacional de Ilha Grande.A mudança de planos ocorreu no percurso entre a chácara e a sede da Força Verde. Com o aval do veterinário voluntário Gabriel Coelho, os policiais foram até a Ilha Grande – a cerca de 100 quilômetros de onde ela foi capturada.

A onça suçuarana que deixou o corredor de biodiversidade para buscar alimentos na cidade é levada de volta para a casa. (Foto: Cleverson E. Zanquetti)
A onça suçuarana que deixou o corredor de biodiversidade para buscar alimentos na cidade é levada de volta para casa. (Foto: Cleverson E. Zanquetti)

Perto da 1h30, o animal despertou. Avaliou o ambiente, ficou em pé e, sorrateiramente, saiu da jaula. Daí, a onça se deitou na estrada. Meia hora depois ela se levantou e só então desapareceu em meio à vegetação. “Conversamos com o veterinário e chegamos a conclusão de que o melhor era soltá-la o quanto antes. Assim, evitaríamos que o felino se estressasse ainda mais. O dia foi duro para nós, mas para ela foi ainda mais exaustivo”, analisou o tenente Alcimar Crescêncio.

O policial ambiental esclareceu que esse tipo de animal é muito comum na região. Para ele, os pumas – como a espécie também é conhecida -, podem ser vistos desde a Ilha Grande até o Corredor de Biodiversidade Caiuá – que se estende do Parque Nacional do Iguaçu, em Foz do Iguaçu e termina na região de Paranavaí.

“Frequentemente encontramos onças como estas em cidades da região de Umuarama. Há registros – e não são poucos -, de suçuaranas atropeladas em rodovias de Santa Mônica, Alto Paraíso, Douradina e cidades próximas”.Para Crescêncio, a fêmea de aproximadamente 10 meses de idade, 40 quilos e quase 1,5 metro de comprimento, pode ter passado por Alto Paraíso e Xambrê, antes de causar furor e espanto em Umuarama.

Fonte: Jornal Umuarama

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>