• Home
  • Campanha publicitária criada pela DPZ desrespeita animais

Campanha publicitária criada pela DPZ desrespeita animais

3 comments

Por Fernanda Franco  (da Redação)

Um anúncio veiculado pelo jornal O Globo, nesta semana, retratou com descaso a crueldade praticada contra os touros durantes as touradas. A campanha, idealizada pela agência DPZ e aprovada pela ABP (Associação Brasileira de Propaganda), causou revolta a grupos de defesa e proteção animal.

imagem de um touro ferido em peça publicitária da dpz

A ONG “Fala Bicho”, que atua desde 1993 pela conscientização dos seres humanos sobre  a importância do direito à liberdade dos animais, entrou em contato com o presidente da ABP, Cyd Alvarez  para expressar a indignação da sociedade diante da aprovação de um material publicitário que incita a violência contra os animais.

A protetora Sheila Moura suspeitou de alguma intenção política por trás da campanha, já que durante a semana passada deputados federais lutaram para retirar os animais domésticos da lei de crimes ambientais objetivando liberar as touradas e incentivar os rodeios e vaquejadas no Brasil. Por essa coincidência, Sheila considerou a campanha “estúpida” e repleta de mensagens subliminares.

Na tarde da última quarta-feira (26), Sheila questionou Cyd Alvarez sobre o ocorrido (ouça aqui a conversa na íntegra), que teria declarado que a campanha não tinha nenhuma intenção de ofender a luta pelos direitos dos animais. “Ele se comprometeu perante a opinião pública e a todas as ONG´s de proteção animal a propor uma forma como corrigirá essa tragédia”, afirmou a protetora. Segundo Seila, o presidente da ABP também teria garantido que a campanha não tinha qualquer vínculo político partidário com grupos que defendem a crueldade contra animais.

Cyd, que se comprometeu em escrever uma carta de retratação (pedido público de desculpas) por ter supostamente compreendido a violência contida na peça publicitária, no entanto, defendeu em email enviado ao “Fala Bicho”, hoje (28), o que ele chama de “liberdade de expressão”, afirmando que os materiais já publicados serão mantidos até o dia 13, sendo esse o “meio termo” praticado por eles, em consideração às colocações apontadas pela ONG sobre a incitação à violência contra os animais.

Para protestar contra a campanha:

Site da ABP – http://www.abp.com.br/contato/index.asp
E-mail da ABP: abp@abp.com.br
Presidente ABP: Cyd Alvarez  – cyd.alvarez@nbscom.com.br
Direção de Marketing: Marion Green

Dono da DPZ – zaragoza@dpz.com.br
Criação/DPZ: diego@dpz.com.br, fernandorodrigues@dpz.com.br, filipe.raposo@dpz.com.br

Site do CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) – http://www.conar.org.br

Ficha Técnica da Campanha:
Cliente: ABP – Associação Brasileira de Propaganda
Produto: Festival Brasileiro de Propaganda 2009
Aprovação: Cyd Alvarez, Marion Green
Direção de Criação Executiva: Diego Zaragoza, Fernando Rodrigues
Diretor de Criação: Filipe Raposo
Criação Impressos e Filmes: Filipe Raposo
Criação Spots: Filipe Raposo, Fred Coutinho e Antônio Guerra.
Ilustrações: Filipe Raposo
Criação Design: Filipe Raposo

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. É realmente um absurdo, pois se as pessoas não se respeitarem os animais e meio ambiente, como ficará esse mundo para todas as crianças…vamos ter respeito por esses seres inocentes…..um basta a tortura……..

  2. Não podem ser seres humanos… O máximo que conseguem ser eu não vou escrever, pois seria desrespeitoso c/ os seguidores…..

  3. Há quase três anos que tamanha estupidez foi publicada. Por acaso me deparei com tamanha idiotice ao fazer uma pesquisa. Não posso crer que essa ong seja séria. Nem que minhas pesquisas corram riscos de cair nisso. Lamento por mim e pelos animais. Merecemos mais inteligência e menos interesses políticos e pessoais de quem quer que esteja sob os tapetes dessa estranha Anda.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>