• Home
  • Homem que fez churrasco do seu próprio cão não será punido

Homem que fez churrasco do seu próprio cão não será punido

1 comments

O neozelandês que fez churrasco do seu cão para desfrutar de uma refeição com familiares e amigos escapou de ser incriminado, após as autoridades da Nova Zelândia terem determinado que o animal foi morto humanamente, noticia a CNN.

A esposa do indivíduo estava farta do cão e, então, em fevereiro, decidiram fazer uma refeição com o animal. A família é natural da Tonga, onde comer cão é normal.

O homem atingiu o cão na cabeça com um martelo, tornando-o inconsciente. Em seguida cortou-lhe a garganta. Na Nova Zelândia é legal matar um animal, se a morte for rápida e indolor. “É algo que nos deixa bastante aborrecidos, mas não temos nada a fazer contra isto», afirmou Garth Halliday, da Sociedade para a Prevenção da Crueldade contra Animais.

O caso foi condenado por muitos neozelandeses. Para Auckland Mayor John Banks, um ativista dos direitos dos animais, é necessário uma melhor educação dos costumes locais.

Fonte: IOL

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>