• Home
  • Três pessoas são presas por caçar 95 tartarugas em parque do AM

Três pessoas são presas por caçar 95 tartarugas em parque do AM

2 comments

Foto: ICMBio/Divulgação
Foto: ICMBio/Divulgação

Invadir um dos maiores parques brasileiros para caçar tartarugas e pescar pirarucus pode sair caro. No início da semana, três pessoas foram presas e multadas em R$ 100 mil por capturar esses animais dentro do Parque Nacional do Jaú, no Amazonas.

Os infratores foram flagrados com 95 espécies de quelônios – tracajás, tartarugas, zé-pregos e Iaiás – e 220 quilos de do peixe pirarucu, que só pode ser pescado com licença. Eles também carregavam uma espingarda e equipamento de pesca, que foram apreendidos.

Segundo o Instituto Chico Mendes (ICMBio) – órgão responsável pelos parques e reservas federais –, é comum a invasão de pescadores na época em que os rios começam a baixar. Peixes e tartarugas são vendidos para comerciantes que levam esses produtos para Manaus.

A fiscalização ocorreu no último domingo (1º), entre os municípios de Novo Airão e Barcelos. Além do ICMBio, o Ibama e o Batalhão Ambiental da Polícia Militar também participaram da operação.

Patrimônio da humanidade

Localizado a 220 km de Manaus, o Parque Nacional do Jaú ocupa uma área de 22.720 km², o equivalente ao estado do Sergipe. Em 2000, o local foi definido pela Unesco como um Patrimônio Natural da Humanidade. Apesar do reconhecimento, o local ainda recebe poucos turistas.

As 95 tartarugas foram soltas no rio, enquanto os 220 quilos de pirarucu foram doados ao hospital público de Novo Airão, à delegacia da cidade e a instituições filantrópicas.

Fonte: Globo Amazônia

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>