• Home
  • Família luta pelo direito de tutelar porquinha

Família luta pelo direito de tutelar porquinha

0 comments

Por Marcela Couto (da Redação)

De acordo com a mãe do pequeno Anthony, a porca Loopey de um ano de idade é um animal de estimação do filho autista. A família está lutando pelo direito de tutelar a porquinha, mas as leis de Fayetteville não permitem.

Anthony Pia com a porquinha Loopey
Foto: abc local.com

“Ela (Loopey) fez tantas coisas maravilhosas por ele,” disse Lisa Pia, mãe de Anthony. “Eles brincam juntos, confortam um ao outro e ele interage melhor com ela do que com qualquer criança de sua idade”.

O padastro de Anthony, Bobby, reuniu documentos com informações sobre a legislação de outras cidades, incluindo a cidade de Raleigh, que mudou suas leis permitindo os porcos da raça pot-bellied.

Após muita discussão os membros do conselho local chegaram a um consenso e irão aprovar uma medida que permite a tutela dos porcos. A nova regulamentação só será votada no meio de setembro.

Enquanto isso, Anthony disse que iria até uma fazenda só para ver Loopey e que planejará uma festa de boas-vindas para seu retorno.

Com informações de abclocal.com

 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>