• Home
  • Polícia fecha criação de galos de briga em Balneário Camboriú

Polícia fecha criação de galos de briga em Balneário Camboriú

2 comments

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Polícia Militar fechou, no início da tarde desta quarta-feira, um cativeiro onde eram criados animais para rinhas de galo em Balneário Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina. Cerca de 20 galos estavam no local, no bairro Jardim Iate Clube, com sinais de maus tratos.

Moradores da região fizeram a denúncia à polícia. Na batida, duas pessoas foram presas. Além dos galos, foram apreendidos armas e munições.

Segundo a polícia, o terreno onde os bichos permaneciam não tinha as mínimas condições de higiene.

Um dos galos foi encontrado com parte de um esporão postiço na parte superior da asa e sangrava bastante.

Os policiais também foram na casa do dono do terreno, um homem de 52 anos, e encontraram uma pistola calibre 380, além de munições.

O homem se diz agricultor e vai ser enquadrado na Lei de Crimes Ambientais. Ele responderá por maus tratos aos animais e ficará à disposição da Justiça, que vai definir qual medida sócio-educativa vai ser aplicada.

A pistola encontrada no local é do filho do dono do terreno, um jovem de 21 anos, que também estava presente quando a polícia achou a arma de fogo. Ele vai responder por porte ilegal de arma.

Os animais foram entregues à Polícia Ambiental.

Fonte:  A NOTÍCIA

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Para onde vão os galos, galinhas, frangos, frangas, pintos e ovos quando acontece uma apreensão? Será q mandam matar tudo? Se matam é uma tremenda incoerência. Há muito tempo venho querendo saber. Eu, por exemplo, nunca levei galo pra rinha, apenas gosto de ver eles crescerem. Gosto de vê-los baterem por mais ou menos 15 minutos com as esporas cobertas por pano para não se mutilarem. Gosto muito da criação; fico o dia todo admirando estes fantásticos animais, que não têm medo de nada. Já pensou se aparece alguém na minha casa querendo levar a minha criação dizendo q estou indo contra a ‘lei’? Olha que absurdo.

  2. Caro irmão Carlos Coimbra, vou lhe dar a resposta agora. Acreidito que foram todos sacrificados, ai sim o Artigo 32 da Lei Ambiental ao meu ver não poderia sacrificar, quer mais violento que matar?, ai sim não é justo e perfeito. Mostre para mim o que, o homem para sobreviver pratique tanto maus tratos, e o galismo é um esporte saudavel, me desculpe se fui tão ignorante assim, acho que não.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>