• Home
  • Crise econômica gera abandono e abrigos de animais ficam superlotados nos EUA

Crise econômica gera abandono e abrigos de animais ficam superlotados nos EUA

0 comments

Por Marcela Couto (da Redação)

“Nós estamos superlotados e temos animais na sala de isolamento,na sala de cirurgia, no canil de achados e perdidos…simplesmente em todos os lugares!” disse Chris McGinnis, diretora do abrigo de animais da cidade de Muscatine, Iowa.

Abrigo de Muscatine lotado de cães
Foto por Muscatine Journal

McGinnis disse que o abrigo normalmente abriga mais animais durante o verão, mas a crise econômica e outros fatores fizeram com que mais pessoas abandonassem seus animais.

Outro fator que exerceu influência foi o acordo de demissão temporária em massa de trabalhadores de uma grande empresa local, além da enchente que ocorreu em Junho de 2008.

“Acreditem ou não, nós ainda estamos sofrendo os efeitos da enchente do ano passado, porque muitas pessoas tiveram de se mudar,” disse McGinnis. Muitas vítimas da enchente acabam sendo obrigadas a deixar uma casa e mudar-se para um pequeno apartamento, deixando os animais para trás.

A capacidade do abrigo é de 80 a 100 animais, mas já são 200. A Humane Society de Muscatine resgata em média 2.000 animais por ano e aceita todos os tipos. A média de adoções é de 850 ao ano.

A crise não acontece apenas em Muscatine. De acordo com a American Society for the Prevention of Cruelty to Animals, muitos abrigos do país enfrentaram um aumento de 60% na taxa de abandono de animais. A situação está piorando porque em tempos de recessão as pessoas raramente adotam animais e as doações ficam escassas.

Na Terça-Feira, um casal levou sua gata de 18 anos com câncer terminal para o abrigo pedindo que lhe dessem a eutanásia, pois o veterinário queria cobrar U$120 para matá-la e cuidar do corpo. McGinnis afirma que a Humane Society não presta esse tipo de serviço ao público, mas que foi aberta uma exceção devido à clara dificuldade financeira dos tutores.

“Estamos aqui para ajudar as pessoas de qualquer forma, e principalmente para agir de forma humana com os animais”, declarou McGinnis.

O abrigo tem organizado eventos para conseguir doações, mas é fundamental que as pessoas de Muscatine colaborem para salvar a vida desses animais.

Com informações de Muscatine Journal

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>