• Home
  • Animais recolhidos das ruas do Recife (PE) vão receber chip de identificação

Animais recolhidos das ruas do Recife (PE) vão receber chip de identificação

0 comments

O Centro de Vigilância Ambiental (CVA) da Prefeitura do Recife (PE) irá oferecer, a partir de agosto, a implantação de microchips em animais de pequeno e grande porte que são recolhidos das ruas da capital. A prefeitura já adquiriu 500 microchips, que vão ajudar na identificação e no monitoramento do bicho.

De acordo com Otoniel Barros, gerente do Programa de Saúde Ambiental (PSA) da Prefeitura do Recife, a implantação dos microchips será feita em uma nova clínica recentemente construída no CVA para a castração de cães e gatos. “Os animais já vão sair da clínica chipados”, afirma Otoniel.

Cerca de 850 agentes de saúde espalhados pela cidade já estão fazendo o cadastramento de famílias que querem castrar os seus animais para posterior chipagem. “O agente vai fazer o cadastramento e o CVA vai agendar o castramento”, explica Otoniel. Segundo ele, a implantação do microchip será gratuita e o serviço será destinado, inicialmente, apenas para pessoas de baixa renda previamente cadastradas.

Além dos cães e gatos que serão castrados, os animais de médio e grande porte recolhidos das ruas do Recife, como boi, cabra e cavalo, também receberão os chips, que irão trazer os dados do bicho e o nome e o endereço do tutor. “Esses animais não podem ficar soltos pela cidade. Com a implantação do microchip, poderemos identificar o tutor caso o bicho seja novamente abandonado”, afirma o gerente do PSA.

Aplicado com uma espécie de seringa embaixo da pele do animal, o chip é um pouco maior que um grão de arroz e é fabricado pela empresa AnimallTAG. As informações sobre o bicho serão colhidas pelos veterinários através de um leitor eletrônico de mão, semelhante a um scanner.

Antes da construção da nova clínica no CVA, a castração dos animais era feita apenas pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) ou por clínicas particulares. Segundo Otoniel, são feitas cerca de 100 cirurgias de castração por mês na UFRPE. Na clínica do CVA, o trabalho será feito por oito veterinários, que também ficarão responsáveis pela implantação do chip nos bichos.

Por mês, cerca de 400 animais de pequeno porte (cães e gatos) são recolhidos pela Prefeitura do Recife das ruas da capital. Desse total, apenas 10% são adotados. O restante é eutanasiado após um período de três dias no CVA.

SÃO PAULO – A microchipagem em animais já é uma realidade em São Paulo. A Provet, um centro particular de diagnósticos e especialidades veterinárias, oferece o serviço na capital paulista há 10 anos. Segundo Carlo Leonardo Grieco Fratocchi, veterinário da empresa, a implantação dos chips custa R$ 95 e pode ser solicitada por pessoas de qualquer lugar do País.

A Prefeitura de São Paulo, através do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), também faz a microchipagem animal. Apesar de ser gratuito, o serviço está disponível apenas para os bichos que são recolhidos das ruas e que estão sendo preparados para adoção.

Serviço:


Centro de Vigilância Ambiental (CVA)
Endereço: Avenida Antônio da Costa Azevedo, 1135, Peixinhos, Recife (PE)
Telefone: (81) 3232.7728 ou 3232.7729
Ouvidoria da Secretaria de Saúde: 0800.281.1520

Provet – Diagnósticos Veterinários
Endereço: Rua Francisco Zicardi, 16, Jardim Anália Franco, São Paulo (SP)
Veterinário responsável: Carlo Leonardo Grieco Fratocchi
Telefone: (11) 2076.0102

Fonte: JC Online

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>