• Home
  • Aves mantidas em cativeiro são apreendidas em SP

Aves mantidas em cativeiro são apreendidas em SP

0 comments

Em cinco horas, policiais militares ambientais apreenderam 36 aves, sendo algumas em extinção, e aplicaram R$ 50.056,32 em multas para três pessoas que mantinham os pássaros em cativeiro na cidade de Charqueada, no interior de SP. A operaçao foi realizada ontem (22). Também foram apreendidas duas espingardas – uma de calibre 28 e outra de calibre 36.

A primeira ocorrência foi em uma residência, onde o delegado Gilberto Carlos Fernandes Júnior, com apoio da Guarda Municipal de Charqueada, cumpria mandado de busca e apreensão por conta de crimes que pesavam sobre moradores. Como encontraram oito pássaros da fauna silvestre e uma espingarda calibre 28, pediram apoio da Polícia Militar Ambiental.

Nesta residência, segundo o patrulheiro Albuquerque, entre os oito pássaros estava uma patativa, que é conhecida por seu canto melodioso e triste e está ameaçada de extinção. Foi elaborado boletim de ocorrência na delegacia de Charqueada e o tutor dos pássaros levou multa de R$ 8.342,96. Só pela patativa foi autuado em pouco mais de R$ 3.000.

“Como tínhamos denúncias de pássaros em cativeiro nesta cidade, aproveitamos para fazer rondas. Numa casa do Jardim Bela Vista encontramos mais seis aves e uma espingarda de calibre 36”, disse Albuquerque. Como nenhuma das aves é considerada de extinção, o tutor foi apenas notificado.

A outra ocorrência foi no bairro Paraisolândia, onde a dona da casa, que tinha 12 aves em gaiolas, quatro em extinção, foi multada em R$ 21.452,64.

Na última casa em que passaram, os policiais localizaram mais 10 pássaros, sendo quatro ameaçados. Para o proprietário coube multa de R$ 20.260,72 (mais de R$ 3 mil para cada ave que venha a se extinguir de vez da natureza). Entre elas estavam dois curiós e dois azulões.

As 36 aves foram levadas para o zoológico de Piracicaba, onde devem passar por processo de readaptação e depois retornarão à fauna.

CRIME. O crime ambiental que envolve pássaros silvestres em cativeiro está previsto no artigo 29 da Lei 9.605. Segundo divulgou a Gazeta recentemente, o índice de apreensão de pássaros silvestres em Piracicaba cresceu 130% no primeiro semestre deste ano, comparado com o mesmo período de 2008.

A Polícia Militar Ambiental tem feito várias apreensões e agora está aplicando multas para cada ave ameaçada de extinção.

SERVIÇO. O telefone da Polícia Militar Ambiental de Piracicaba, para denúncias sobre pássaros em cativeiro, é 19. 3421-6827, que atende de segunda a domingo por 24 horas.

Fonte: Gazeta de Piracicaba

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>