• Home
  • Tradições espanholas cruéis podem passar a ser Patrimônio Cultural da Humanidade

Tradições espanholas cruéis podem passar a ser Patrimônio Cultural da Humanidade

3 comments

(da Redação)

Durante a semana de 22 a 30 de junho, representantes da UNESCO se reunirão em Sevilha (Espanha) para definir as festas espanholas que se converterão em Patrimônio Cultural da Humanidade. Entre elas, por mais absurdo que pareça, está a corrida de touros de San Fermín (Pamplona). O festejo ocorre todos os anos em julho em homenagem ao Santo Padroeiro de Pamplona, tendo sempre resultado negativo, que inclui a morte dos animais explorados e de pessoas.

corrida de touros de Pamplona

O ponto alto da crueldade é uma corrida. Os jovens se vestem de vermelho e branco para chamar a atenção dos touros que são soltos nas ruas, e no meio da multidão saem em disparada, percorrendo um circuito de 850 metros.

A corrida só termina quando os animais chegam à Praça de Pamplona, onde mais tarde serão mortos por toureiros. Mas, para o desafio ficar mais desequilibrado e violento, antes das touradas os animais são feridos. Por causa da dor eles ficam mais agressivos e, ao mesmo tempo, mais vulneráveis. 

Ao final do espetáculo, os animais são sacrificados por meio de ferimentos com lança até o coração e no centro da cabeça.

Essa tradição, que tem 500 anos, no início era apenas o transporte dos touros dos currais até a praça de touros. Hoje, é um dos festejos mais cruéis e primitivos do mundo.

Outra tradição que fere todos os princípios éticos e que está sendo discutida para virar Patrimônio Cultural da Humanidade é a Rapa das Bestas, em Sabucedo. A primitiva celebração consiste em recolher os cavalos com violência ao curral, raspá-los e marcá-los.

imagem de cavalo sendo maltratado na rapa das bestas

imagem de cavalo sendo ferido na rapa das bestas

A ONG de defesa animal AnimaNaturalis faz uma campanha para que sejam enviadas assinaturas pedindo a UNESCO que não inclua esste tipo de tradição como Patrimônio Cultural da Humanidade. 

Envie um email para:
wh-info@unesco.org, bpi@unesco.org, info@ibocc.org, F.Bandarin@unesco.org

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Parem com esta crueldade e aberração. Tantas coisas lindas para se tornarem patrimônio cultural da Humanidade….por que escolher a crueldade com os animais?

  2. olhem eu acho terrivel e orrivel tudo o que fasem a estes animais ate porque eu ja vi na internet imagens piores e destetei
    nao podemos deichar que isto aconteca muitas mais veses portugal entre outros paises tem de aprnder a respeitar os animais
    sim telos mas com respeito

  3. Simplesmente deprimente a cabeça de pessoas que julgam isso uma cultura decente a ser cultivada e passada as crianças de todo o mundo, crueldade com um ser vivo por pura diversão e impiedade. Dementes e imbecís.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>