• Home
  • Animais sofrem com os fogos e as fogueiras do São João

Animais sofrem com os fogos e as fogueiras do São João

0 comments

imagem da cadela Dara no colo se sua tutoraQuando chegam as festas juninas, a administradora de empresas Rosane Sá sabe que terá de dar um carinho especial para sua cadelinha. Dara fica em pânico quando ouve qualquer estouro de fogos de artifício. “Ela baba pela casa toda e fica muito agoniada. Até uma porta ela já arranhou”, lembra Rosane.

Depois de muitas tentativas na intenção de acalmar a pequena Dara, colocando algodão em seus ouvidos e abraçando-a, Rosane pediu orientação a um veterinário, que recomendou o uso de calmantes homeopáticos. Hoje, Dara toma um medicamento para ficar calma, mas ainda assim fica angustiada com o barulho dos fogos.

O drama vivido por Rosane não está tão distante do que acontece na maioria das famílias que possuem animais domésticos. De acordo com o veterinário Rivaldo José Ferreira Júnior, é natural os cães e gatos se alterarem com o barulho intenso dos fogos.  “O cão fica nervoso e procura estar perto de seu dono; já os gatos  podem ficar agressivos e até fugir de casa”, diz Ferreira Júnior.

A fumaça vinda das fogueiras também é um inimigo dos animais, já que os faz pensar que estão diante de um incêndio. “Ela desnorteia o cão e pode causar sufocamento”, diz o veterinário. Para diminuir o desconforto, Ferreira Júnior recomenda que os animais sejam colocados em locais arejados e, se necessário, posicionados em frente a um ventilador.

O veterinário orienta ainda que os donos evitem colocar os animais próximo às fogueiras, já que “a parte inferior da pata e o foucinho são muito sensíveis e se queimam rapidamente nas brasas”.

* com informações do JConline

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>