• Home
  • Campanha nacional do Ibama quer estimular devolução voluntária de bichos no interior de SP

Campanha nacional do Ibama quer estimular devolução voluntária de bichos no interior de SP

2 comments

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) quer educar a população para combater o tráfico de animais. Em Ribeirão Preto, em SP, a Campanha Nacional de Proteção à Fauna Silvestre deve estimular a denúncia de irregularidades e a entrega voluntária com atividades culturais, como a intervenção dos 20 anos de Ibama, que vai até hoje no Novo Shopping.

No ano passado, o Ibama de Ribeirão recebeu 500 animais silvestres devolvidos voluntariamente. O número, entretanto, ainda é baixo se comparado ao de bichos recuperados em ações ambientais (foram cerca de 3 mil apreensões em 2008 na região).

Segundo a Polícia Militar Ambiental, a entrega voluntária é uma opção melhor que o abandono, pois animais silvestres acabam gerando ocorrência e deslocamento de equipes para captura. De acordo com Eliana Velocci, da regional do Ibama de Ribeirão, a maioria das apreensões é de pássaros.

Especializada em animais silvestres e exóticos, a veterinária Jeniffer Ramos disse que nas entregas voluntárias os animais costumam chegar sem ferimentos, ao contrário dos bichos encontrados com traficantes. “A devolução é feita por instituição como bosques e centros de triagem de animais silvestres. Geralmente eles são entregues porque o proprietário fica com medo da denúncia de algum vizinho que se incomoda com o bicho”, disse Jeniffer.

Criar, perseguir, prender ou expor animais nascidos na natureza é crime e pode render até três anos de prisão mais multa, dependendo da gravidade.

Para entender

O tráfico de animais é hoje uma das principais ameaças à fauna brasileira. De acordo com o Ibama, os bichos são capturados para atender coleções e pesquisas, mas a maioria morre durante o transporte (a estimativa é de que para cada dez espécies traficadas, uma sobreviva). A taxa de extinção atual é de cem a mil vezes maior que a taxa de reposição natural. O último relatório do Ibama, lançado com a campanha de combate ao tráfico, apontou que 627 categorias de fauna estão ameaçadas de extinção (60% delas nas áreas de Mata Atlântica). Em outubro do ano passado, a Polícia Rodoviária apreendeu 30 papagaios transportados em caixas de madeira e um macaco sagui escondido em um saco de pano. Duas pessoas foram multadas em R$ 118 mil cada. As aves foram levadas para Araraquara e o macaco foi solto para se integrar aos bandos do bosque de Ribeirão Preto.

(Com informações da Gazeta de Piracicaba)

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Bom dia,

    Gostaria de saber como faço para denunciar, criação de galos onde moro? Eles cantam a madrugada e manhã toda, pertubando o sono dos moradores do bairro. Causando danos como insônia e outros métodos para tentar não acordar ou dormir enfim para conseguir descnansar usando métodos de remédios ou bebidas que prejudicam a saúde, causam dependências e afetam no “bolso” custo para estes que também não está tendo resultado e sim um estresse muito grande.

    Atc,

    Luciana.

  2. gostaria de saber si tem essa agencia aqui em fortaleza
    e como faz para ser uma voluntaria
    gosto muito de todos os tipos de animais.
    preferencia em gatos.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>