• Home
  • Encontrado mais um peixe-boi morto no litoral do Maranhão

Encontrado mais um peixe-boi morto no litoral do Maranhão

0 comments

Um peixe-boi de 2,2 metros foi encontrado, no último dia 27, morto na Baía de Tubarão, no município de Humberto de Campos, no litoral do Maranhão. Há, na região, uma das maiores populações do animal no litoral Nordeste. Atualmente existem apenas 500 indivíduos em toda a costa brasileira.

A equipe do Centro Mamíferos Aquáticos (CMA), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), realizou necropsia no animal e constatou que ele morreu devido a pancadas na cabeça. “O animal estava encalhado em banco de capim agulha, conhecido na região como paturá, e isso o tornou vulnerável ao ataque”, suspeita o executor da Base Avançada do CMA no Maranhão, Josarnaldo Ramos.

De 2001 para cá, o CMA registrou 25 óbitos nessas condições. Embora não haja registro de morte intencional de peixe-boi nos demais estados nordestinos, no Maranhão o animal está morrendo em função de vários acidentes em redes de pesca seguidos.

Anualmente, é desenvolvida no litoral maranhense a campanha conservacionista “Não Mate peixe-boi”, além de eventos culturais com o envolvimento das comunidades litorâneas de Guarapiranga, no município de São Jose de Ribamar, e Ilha do Gato, no município de Humberto de Campos.

O peixe-boi marinho está ameaçado de extinção no Brasil, sendo o mamífero aquático mais vulnerável. A caça é proibida pela Lei da Fauan nº 5.197 /67 e pela Lei dos Crimes Ambientais nº 9.605/98. Matar um peixe-boi é considerado crime ambiental com pena de detenção por três anos, sem direito a fiança.

O Projeto Peixe-Boi é executado pelo CMA do ICMBio e Fundação Mamíferos Aquáticos e patrocinado pela Petrobras.

Fonte: ABN

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>