• Home
  • Mulher é autuada por maus tratos contra araras

Mulher é autuada por maus tratos contra araras

0 comments

Policiais da Delegacia de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente apreenderam duas araras que estava num cativeiro em condições precárias. A apreensão ocorreu num sobrado no Bairro Bandeirantes, em Cuiabá (MT). A proprietária, uma senhora de 60 anos, foi autuada pelo crime de maus tratos a animais. Ela deverá pagar uma multa de R$ 5 mil ao Ibama por criar animais silvestres sem autorização do órgão. A pena prevista na legislação para esse tipo de crime é de seis meses a um ano de detenção.

“As condições das duas aves, uma Canindé azul e amarela e uma Apiranga amarela, eram deploráveis. Uma delas, inclusive estava sem o rabo, o que não lhe permite voar. Chegamos até ao local após uma denúncia anônima”, frisou o delegado Roberto Amorim.

Segundo o delegado, não havia água nem comida no cativeiro. A proprietária admitiu que viajava sempre e deixava os animais sob os cuidados da vizinha. Apreendidas, as duas araras foram entregues ao Ibama. A informação é de que o zoológico da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) não tinha condições de abrigá-las.

Amorim esclarece que animais silvestres podem ser criados em casa, desde que o dono tenha a devida autorização do Ibama. Como se trata de um crime de menor poder ofensivo, a proprietária das aves assinou um termo circunstanciado e foi liberada.

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>