• Home
  • Moradores acusam a Câmara Municipal de Lisboa de maltratar os gatos de rua

Moradores acusam a Câmara Municipal de Lisboa de maltratar os gatos de rua

0 comments

Os moradores do bairro do Castelo, em Lisboa, Portugal, estão indignados e acusam a Câmara Municipal de Lisboa de maltratar os gatos de rua que ocupam aquela zona e que são tratados e alimentados pelos próprios moradores.

“Na madrugada de 23 de abril, pelas três da madrugada, apareceu uma viatura da câmara e começou a apanhar os gatos de uma forma bárbara e a atirá-los lá para dentro como se fossem mercadoria. Chegaram a partir as patas a um deles, que conseguiu fugir. Foi desumano”, contaram ao CM Gabriela Ribeiro e Rita Silva.

Em 2006, cerca de duas dezenas de moradores e a junta de freguesia do Castelo celebraram um protocolo com a autarquia no qual se comprometiam a tomar conta dos gatos de rua da zona. “Quando os animais estavam doentes ou precisavam ser esterilizados, a câmara levava-os em caixas específicas para o gatil e aqueles que estavam em condições eram devolvidos. Desta vez os funcionários até debocharam da nossa preocupação”, dizem as moradoras.

“Tínhamos pedido uma intervenção da autarquia, mas estas coisas costumam ser agendadas. Não posso concordar que se recolham gatos de uma forma bárbara”, contou ao CM Carlos Lima, presidente da junta do Castelo.

A câmara disse que está investigando a denúncia dos moradores sobre os alegados maus tratos aos animais.

APONTAMENTOS

ALIMENTAÇÃO

Os moradores do Castelo compram ração seca para gatos e alguns patês em sacos de vinte quilos. Gastam uma média de 50 euros por mês para alimentar os animais da sua freguesia.

PATAS PARTIDAS

De acordo com os moradores, um dos gatos que os funcionários da autarquia tentaram apanhar ficou com as patas partidas e, apesar de lesionado, anda fugido do bairro. Os moradores não conseguem tratá-lo.

ATROPELADO

No final de abril um gato foi atropelado no Castelo pelas 23h. Os moradores alegam que ligaram imediatamente para a câmara, mas que esta só recolheu o gato, que estava em sofrimento, às 14h50 do dia seguinte.

CARTA

No dia 4 de Maio os moradores do Castelo endereçaram uma carta ao autarca António Costa, mas ainda não tiveram resposta.

Fonte: Correio da Manhã

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>